Drogaria Líder Saúde
Real Supermercados
Empório VSN +
Pintacar
Santa casa - Campo Belo/MG
ABC das Construção
Avance
Campo Belo-MG

Inquérito será aberto pela Polícia Civil para apurar caso de 'falsa médica' em mutirão de Campo Belo

A mulher detida e outras três pessoas foram ouvidas e liberadas. Máquinas de cartão e armações de óculos foram apreendidas.

25/06/2019 11h34Atualizado há 5 meses
Por: Hudson Barbosa
Fonte: G1 /Sul de Minas

PUBLICIDADE

Um inquérito será aberto pela Polícia Civil de Campo Belo (MG), para avaliar a gravidade do caso de uma mulher e outras três (3) pessoas detidas no sábado (22), realizando exames oftalmológicos no lugar da profissional durante um mutirão na Igreja Casa de Oração Jesus Salva, no bairro Feira, sem possuir a formação necessária.

De acordo com a polícia, a suspeita utilizava um registro de uma segunda mulher, de São Paulo (SP), que teria a formação de Optometrista. Ela foi ouvida e liberada, mas pode responder por exercício ilegal da profissão.

O mutirão de exames oftalmológicos estava marcado para as 10h, do sábado, dia (22). O grupo que faria a avaliação era da capital paulista e o agendamento foi feito diretamente com o pastor da igreja, Sebastião Donizete.

PUBLICIDADE

Ele contou que recebeu indicação de outro pastor, e que chegou a ver o registro da moça responsável. Ele relatou ainda que não haveria problemas, já que a moça não emitiria receitas, apenas faria os exames.

"A mulher que realizaria as consultas, não pode vir, por motivo de saúde do esposo, foi onde ela enviou uma estagiária, ficando combinado, conforme foi feito, ela não realizar consultas, apenas realizar um avaliações, ficando combinado assim, caso constatasse algo nos olhos do paciente, ela emitiria uma orientação", disse o pastor.

O pastor relatou que não quis cancelar o mutirão, porque mais de 40 pessoas foram e tinha até lista de espera. Quando a quinta consulta era realizada, o procedimento foi interrompido, após a chegada da Polícia no local com um mandado de busca e apreensão.

PUBLICIDADE

Segundo o boletim de ocorrência, a polícia encontrou uma garota de 12 anos com uma papeleta com anotações referentes a um exame oftalmológico constando medicação de grau para óculos e assinada com o registro profissional de outra pessoa e um cartão de uma ótica de São Paulo.

Além de armações, máquinas de cartão de crédito e lentes foram apreendidas com o grupo. O pastor responsável pela igreja disse não saber sobre estes materiais apreendidos.

"Não sei informar porque isso é um caso que faz parte deles, mas creio eu que é parte do equipamento que já estava no veículo e como a titular não veio, e sim a estagiária, com certeza deve ter trazido tudo aquilo que já estava preparado", disse o pastor.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Campo BeloCampo Belo - MG A vila de Campo Belo foi elevada à categoria de cidade por meio da Lei Provincial 3.196 de 23 de setembro de 1884.[11]. Na divisão administrativa de 1911, o município contava com cinco distritos: Campo Belo, Cristais, Nossa Senhora das Candeias, Porto de Mendes e Santana do Jacaré. Desde a publicação da Lei Estadual 2.764, em 30 de dezembro de 1962, o município passou a ser constituído por dois distritos: Campo Belo e Porto dos Mendes.
Anúncio
REGINALDO
Blogs e colunas
Anúncio
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio