Real Supermercados
Drogaria Líder Saúde
ABC das Construção
Pintacar
Avance
Santa casa - Campo Belo/MG
Empório VSN +
Campo Belo-MG

Frigorífico Supremo anuncia fim das atividades em Campo Belo, veja!

Seja um repórter do Campo Belo em Foco - (35)9 9728-9913

23/10/2019 18h52Atualizado há 3 semanas
Por: Hudson Barbosa
Fonte: Repórter Júnio Flávio
Extraída do Site da Empresa
Extraída do Site da Empresa
Publicidade

Os funcionários do Frigorífico Supremo, que hoje emprega cerca de 200 pessoas em Campo Belo/MG, foram surpreendidos nesta quarta-feira, dia 23 de Outubro com a notícia informando o fim das atividades da empresa na cidade.

As atividades foram encerradas nesta quarta-feira, dia 23 de Outubro sem previsão de retorno, ficando apenas dez (10) funcionários em atividade.

A direção da empresa informou que todos que prestam serviços voltarão assim que a situação for normalizada.

Pois segundo a direção do Frigorífico Supremo, os motivos, a dificuldade em colocar animais dentro do frigorífico, a matéria prima da empresa tem gerado insatisfação nos pecuaristas.

Publicidade

A informação é que o Serviço de Inspeção Federal estaria descartando muitos animais após o abate e isto vem prejudicando a permanência das atividades da empresa e também os pecuaristas, que passou a desconfiar da situação não mais fornecendo animais para o abate na planta do Frigorífico Supremo, hoje localizado na Rua Jeferson Tagliaferri, na cidade de Campo Belo/MG.

O Serviço de Inspeção Federal, que hoje desenpenha suas funções dentro do frigorífico, estaria de uma certa forma condenando animais enviados pelos pecuaristas, fazendo assim com que a empresa passasse por uma certa dificuldade em adiquir matéria prima para manter a planta em funcionamento.

Publicidade

A título de informação, a planta do Frigorífico Supremo de Campo belo seria para o abate de 250 à 350 animais.

Os 200 funcionários que foram contratados para exercerem suas atividades nesta planta, seria para esta quantidade de abates bovinos, porem a mais de um ano o frigorífico vinha abatendo apenas 50 gados diários, tornando inviável a permanência das atividades da empresa na cidade.

A direção ainda informou que todos os salários estão em dia, todos encargos trabalhistas também estão em dia e o acerto foi feito com todos os pecuaristas que estariam enviando animais para o abate na empresa.

Publicidade

O Frigorífico estava com todas as legislações pertinentes  ea atividade economica da em dia.

Por isso esta parada temprária do frigorífico é referente ao impasse que vem acontecendo junto ao Serviço de Inspeção Federal.

A retomada das atividades ainda não foi informada pela direção da empresa. a prioridade agora é estar informando aos funcionários e também seus familiares os motivos pelos quais levou a paralização das atividades na empresa.

Segundo informações, 10 funcionários irão permanecer,  sendo portaria, manutenção e segunrança do frigorífico.

Os maquinários serão ligados uma vez por semana. A informação é de que assim que a situação for resolvida, e todos os impasses em relação ao Serviço de Inspeção Federal forem solucionados, serão retomadas as atividades na empresa.

O frigorífico Supremo  estava com um projeto avançado para a ampliação da empresa, passando de 200 para 400 funcionários, que é o que ela irá precisar quando as novas plantas forem implantadas em Campo Belo, sendo os serviços de embalo a vaco e desossa de carnes.

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários