Sábado, 13 de Julho de 2024
14°C 26°C
Campo Belo, MG
Publicidade

Conta de luz da Cemig ficará 6,7% mais cara a partir de terça-feira, dia 28

A notícia aonde você estiver!

23/05/2024 às 09h44 Atualizada em 23/05/2024 às 09h58
Por: Matheus Barbosa
Compartilhe:


A conta de energia elétrica da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) será reajustada a partir da próxima terça-feira, dia 28, para clientes residenciais em 6,7% e deve ter um impacto de 0,20 pontos percentuais na inflação.

O reajuste foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a pedido da Cemig, que tem como maior acionista o governo mineiro. O valor é 3,01 pontos percentuais maior que a inflação dos últimos 12 meses.

Continua após a publicidade
Anúncio

De acordo com o IBGE, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado até abril foi de 3,69%. Por sua vez, o aumento para a indústria será de 8,63%, mais do que o dobro da inflação acumulada. 

A Cemig alega que o reajuste está abaixo do acumulado da inflação dos últimos cinco anos. Enquanto o valor da tarifa da companhia foi reajustado em 27%, o IPCA no período foi de 32%. A companhia também afirma que, do valor cobrado na tarifa, "apenas 25,8% ficam na empresa e se destinam a remunerar o investimento, cobrir a depreciação dos ativos e outros custos. Os demais 74,2% são utilizados para cobrir encargos setoriais (16,7%), tributos pagos aos Governos Federal e Estadual (20,9%), energia comprada (26,7%), encargos de transmissão (9,4%) e receitas irrecuperáveis (0,5%)". 

Já a Aneel explica que o cálculo do reajuste leva em conta os custos com compra e transmissão de energia e os encargos setoriais que custeiam políticas públicas estabelecidas por meio de leis e decretos. 

A Cemig é responsável pelo fornecimento de energia em 774 dos 853 municípios de Minas Gerais, atendendo a 9 milhões de residências.

O Campo Belo Em Foco está no WhatsApp!
Quer ser o primeiro a saber?
Participe do nosso grupo de WhatsApp!

ENTRAR

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários