Sábado, 13 de Julho de 2024
14°C 26°C
Campo Belo, MG
Publicidade

Policial penal é preso suspeito de receber propina de cerca de R$ 80 mil para entregar celulares a detentos em Formiga, MG

A Notícia Aonde Você Estiver!

12/06/2024 às 15h43 Atualizada em 12/06/2024 às 15h53
Por: Matheus Barbosa Fonte: G1
Compartilhe:
Policial penal é preso suspeito de receber propina de cerca de R$ 80 mil para entregar celulares a detentos em Formiga, MG

Um policial penal foi preso suspeito de receber propina de aproximadamente R$ 80 mil para entregar aparelhos celulares a detentos de alto poder aquisitivo e de periculosidade elevada na Penitenciária de Formiga, no Centro-Oeste de Minas Gerais.

O suspeito, cujo nome não foi informado, foi preso na tarde de segunda-feira (10) durante a operação “Dorsett”, que foi realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público, e polícias Militar, Civil e Penal.

Em nota, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou que as investigações foram iniciadas pela própria Polícia Penal que, após perceber indícios de crime, levou o fato ao conhecimento do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e do Gaeco.

Continua após a publicidade
Anúncio

Também em nota, o MPMG informou que solicitou ao Poder Judiciário a prisão do policial penal, diante "dos elementos probatórios contundentes angariados" durante a investigação.

O pedido foi deferido pela Justiça da Comarca de Formiga e o mandado de prisão cumprido na segunda-feira.

Além disso, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, tendo sido apreendidos aparelhos celulares, dinheiro e joias.

A Sejusp e o Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG) reforçaram "o compromisso em ter na instituição apenas homens e mulheres comprometidos com a segurança pública e com a sociedade. A parcela muito reduzida de servidores, que não reflete os valores da Polícia Penal mineira, será sempre alvo de investigações por parte da própria Polícia Penal; quando não, as investigações contarão sempre com o apoio do Depen-MG para o subsídio de informações às forças coirmãs".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários