Sábado, 13 de Julho de 2024
14°C 26°C
Campo Belo, MG
Publicidade

Homem é preso por tentar sufocar filho de 1 ano porque ele não parava de chorar, em Formiga

A notícia aonde você estiver!

04/07/2024 às 12h09
Por: Matheus Barbosa Fonte: tvbambui
Compartilhe:
Homem é preso por tentar sufocar filho de 1 ano porque ele não parava de chorar, em Formiga

Na tarde da última terça-feira (02), a Polícia Militar foi acionada por uma mulher que informou que sua irmã, de 23 anos, estava sendo mantida em cárcere privado pelo amásio, um homem de 26 anos.

A guarnição policial se deslocou até a rua Bahia, no bairro Sagrado Coração, em Formiga-MG. No local, após várias tentativas de contato com os moradores da residência e acreditando que a vítima e seus filhos estavam em risco iminente, os policiais providenciaram uma escada para acessar a casa, situada no segundo andar.

Ao alcançarem a sacada, os policiais avistaram o autor fingindo estar dormindo. A vítima chegou logo em seguida e relatou que o autor estava mantendo-a, junto com seus dois filhos (um de 1 ano e 5 meses e o outro de 3 anos), presos em casa. Ela contou que, naquela manhã, acordou com o choro abafado de seu filho mais novo e, ao ir ao quarto da criança, encontrou o autor com a perna sobre as pernas do filho e a cabeça no travesseiro. Quando ela gritou, ele retrucou: "ele não cala a boca."

Continua após a publicidade
Anúncio

Segundo a vítima, essa foi a segunda vez que o autor agrediu a criança. Ela também relatou que vem sofrendo agressões frequentes, e que há cerca de um mês, ele apertou seu pescoço até ela perder a consciência e cravou um ferro em sua perna.

As vítimas foram encaminhadas para atendimento médico, onde constatou-se que a criança apresentava lesões na orelha esquerda, vermelhidão no pescoço e hematomas na testa e costas.

O autor foi preso e conduzido até a Delegacia de Polícia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários