Sábado, 17 de Abril de 2021 00:28
(35)9 9728-9913
Região Candeias/MG

TAMANDUÁ BANDEIRA É RESGATADO EM ZONA RURAL DE CANDEIAS/MG

O Portal de Notícias que está onde os fatos acontece.

27/02/2021 11h58
1.157
Por: Hudson Barbosa Fonte: Polícia Militar do Meio Ambiente

Foto - Polícia Militar do Meio Ambiente

Na manhã da última quinta-feira, dia 25 de fevereiro, a Polícia Militar do Meio Ambiente da cidade de Campo Belo/MG, foi acionada para realizar o resgate e transporte de um Tamanduá bandeira (Mymecophaga tridactyla), também chamado iurumi, jurumim, tamanduá-cavalo e outros, que é um mamífero xenarto da família dos mirmecofagídeos, encontrado na América Central e na América do Sul, e no Brasil está na lista de animais em risco de extinção.

O tamanduá resgatado foi encontrado há uns 03 dias em uma fazenda na zona rural de Candeias/MG e se encontrava com algumas lesões, sendo inicialmente cuidado pelos próprios moradores da fazenda, que cuidaram do animal lhe fornecendo água e alimento, bem como medicando os ferimentos.

Porém devido ao estado debilitado, verificou-se a necessidade de um atendimento mais especializado.

A remoção foi realizada com todos os cuidados numa viatura da Polícia Militar de Meio Ambiente de Campo Belo/MG, integrada pelos Sargento Evandro, Cabo Wilton e Cabo Danilo.

O tamanduá foi encaminhado para ambulatório de animais silvestres e exóticos da UFLA, onde outra equipe da Polícia Militar do Meio Ambiente composta pelo Tenente Ludgero e Cabo João Bosco já aguardavam juntamente com uma equipe da Faculdade de Zootecnia e Medicina Veterinária UFLA, coordenada pela Professora Samantha Mesquita Favoreto, os quais juntos deram todo o suporte para o recebimento do animal.

Numa primeira avaliação por parte da equipe da UFLA constatou-se que o animal se encontra bem fraco, desidratado, com lesões nas patas, na orelha esquerda, e infecção de pele, sendo necessária a internação e cuidados intensivos, que o prognóstico é reservado e o quadro é grave, esperando-se que responda aos tratamentos.

Saiba que ao se deparar com espécimes nativas não deve se aproximar deles, pois, os animais mesmo que aparentemente dóceis podem se sentir ameaçados e se tornarem perigosos por ação instintiva.

Afaste-se, e acione a Polícia Militar do Meio Ambiente ou outro órgão que possa dar uma resposta. Não maltrate animais, muitas das vezes eles se aproximam de áreas urbanizadas e residências a procura de alimento ou em fuga de algum perigo, como incêndios.

Ficam aqui registrados nossos agradecimentos aos cidadãos que deram os cuidados iniciais ao animal, e acionaram a Polícia Militar de Meio Ambiente para o resgate, e também, à equipe da UFLA com a qual é mantida uma parceria que visa o bem-estar dos animais, e do meio ambiente como um todo, por meio de projetos de educação e preservação ambiental.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.